Sábado, 8 de Junho de 2013

Santos Populares

Estão a chegar as festas dos Santos Populares, marchas, sardinhas, sangria, cerveja, etc. Mas recuando uns 30 anos como eram os meus Santos Populares?

Para começar o peixe não fazia, nem faz parte das minhas preferências, ainda não marchava nada e álcool nem se tocava, mas havia fogueiras feitas por nós. Ok, eram adolescentes, pensa quem por aqui passa os olhos. Não, ainda éramos uns putos de 7 ou 8 anos, que aproveitávamos as madeiras das obras para as fogueiras e barracas que construíamos (ai dos putos de agora se fizessem algo como isto).

Barracas, para quê?

Claro que está, que tínhamos de ter um local para colocar os comes e bebes da festa. Coisas que os pais lhes davam para a brincadeira destes dias, pensa o leitor que por engano parou por aqui. Pensa, mas não é tão certo assim. Sim, algumas coisas vinham de casa, por vezes nem os pais sabiam que saiam de lá, mas as outras eram compradas por nós, ou roubadas da horta que uns carteiros por lá tinham, como as batatas que depois espetávamos em ferros ferrugentos, roubados das obras e as assávamos na fogueira (tétano, o que é isso).

Espera aí, ele disse que compravam? - pensa quem ainda mantém a loucura de ainda estar a ler isto. Mas eram putos ricos, iam à carteira dos pais, ou eram vitimas de trabalho infantil?

Não, nada disso. Em grupos íamos pelo bairro, subindo aos prédios, batendo às portas e pedindo a quem abria a porta "um tostãozinho para o Stº António". Ainda se fazia algum dinheiro, pelo menos pelo Stº António, já pelos outros santos não era bem assim. Não, não é que as pessoas fossem devotas, ou mais devotas pelo santo casamenteiro, mas chegando ao S. Pedro, já as pessoas estavam fartas dos putos a baterem-lhes à porta e o que mais se recebia, eram berros e cabos de vassoura que nos faziam correr escadas abaixo.

 

P.s.: e com tanta coisa que se fez, que dificilmente nós pais de agora deixaríamos, nunca ninguém se queimou ou teve tétano. O máximo que se teve, foram umas farpas nas mãos ou uns dedos martelados.

 

publicado por eu ando às voltas às 16:13
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De aespumadosdias a 9 de Junho de 2013 às 08:07
Nesse tempo é que era giro. Também eram assim os santos populares nas 2 ruas onde morei. Havia fogueira, comida e bebidas. Agora já não há nada disso.
Um abraço


De eu ando às voltas a 9 de Junho de 2013 às 09:41
Muito bons tempos mesmo, e que esta geração já não tem.

Abraço.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Põe gelo que isso passa

. E por hoje é tudo

. Os pais fazem sexo

. Vamos fazer um exercício

. Esta época começa estranh...

. Piano Man

. Dizem que a terra tremeu

. Moça Esquiva

. Alexis Tsipras no 5 para ...

. Garantidamente não é para...

.arquivos

. Março 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sms...."Bom dia"

.links

Online Users

.Quantos já marcharam aqui

blogs SAPO

.subscrever feeds