Domingo, 23 de Março de 2014

O que é que eu faço aqui

Foi com surpressa que, ao abrir a net, vi a notícia da morte do João Ribas. Não sou de idolatrar músicos nem bandas, mas Tara Perdida era das bandas que mais tocavam no meu mp3. Mas chegou o dia em que ele disse "O que é que eu faço aqui" e "Nasceu hoje" para uma nova vida e disse "olá Lisboa" pela ultima vez. E nós, cá continuaremos com as músicas que nos deixaste.

Até sempre João.

 

publicado por eu ando às voltas às 15:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 16 de Junho de 2013

Lisboa

publicado por eu ando às voltas às 14:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Abril de 2013

O que é que eu faço aqui

publicado por eu ando às voltas às 16:47
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2013

Ser amigo é...

Ser amigo não é só dar palmadinhas nas costas, rir e beber uns copos. É ser frontal, dizer a verdade e chamar à razão quando tem de ser.

É sempre a mesma história
Que diferença é que faz
Um dia é o restabelecer
Outro nem por isso és capaz
De encontrar algo mais
Soberba a destruição
Um dia sou teu amigo
Outro tento dar-te a mão

E chamo-te à razão
E chamo-te à razão

Prevalece o sentimento
Do bem estar ou bem parecer
Aconteceu no momento
A verdade aparecer
Encontrar nesse lado
Algo que faça mudar
Não procures a saída
Que te faça ausentar

E chamo-te à razão
E chamo-te à razão

E é assim..

É sempre a mesma história
Que diferença é que faz
Um dia é o restabelecer
Outro nem por isso és capaz
De encontrar algo mais
Soberba a destruição
Um dia sou teu amigo
Outro tento dar-te a mão

E é assim..

E chamo-te à razão
E chamo-te à razão

E é sempre a mesma história..

publicado por eu ando às voltas às 16:45
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Maio de 2012

Vamos agitar e ficar "Desalinhado"

 

Só quando entrei na rotina
  O habitual dia a dia
  E acabei por fica parado
  Alienado de tudo
  Que me pudesse vir a interessar
  É que notei
  Não é viver
  Sonhos de alguém
  Eu vou mudar

Por isso agora eu vou
  Eu sou capaz
  De viver, nunca voltar atrás
  Agora eu vou
  Desalinhado
  Tanto querer é complicado

Mas sou assim, quem aceitar
  Estendo-lhe a mão, para ajudar
  Eu sou assim, pouco normal
Venda nos olhos, é o golpe final

Por isso agora eu sou…

Por fim saí da rotina
  Estava cansado da vida
  Mas não parei
  Em mais nenhum lado
  Desatinado com tudo
  Foi a maneira que deu pra pensar
  Aí notei, não é viver
  Sonhos de alguém
  Vou recusar

publicado por eu ando às voltas às 20:59
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

Nasci Hoje

 

Nasci hoje
Tenho que aprender
Em breve
Vou começar a andar
Passo
a passo
Muito lentamente
Saber ler
Compreender e continuar

Um percurso que vai durar
O resto da vida
Mas um dia a sorte irá
chegar
E é aí que eu tenho de provar
Então...

Subir algo até poder
Esse aí não sou eu
Eu lutei até morrer...
Até
morrer

Senti hoje tudo o que perdi
Em breve o tempo vai apagar
Tantas mágoas tudo o que sofri
Mas lutei
Comecei a desconfiar

Que o percurso que vai durar
O resto da vida
tem caminhos que posso
mudar
E é aí que eu tenho de provar
Então...

Subir alto até poder
Esse aí não sou eu
Eu lutei até morrer
Mais uma
lição
Estar a viver outra vez
ter a solução
Mas não poder dizer

Que o percurso que vai durar
O resto da vida
Mas um dia a sorte irá
chegar
E é aí que eu tenho de provar
Então...

Subir alto até poder
Esse aí não sou eu
Eu lutei até morrer
Mais uma
lição
Estar a viver outra vez
ter a solução
Mas não poder dizer
Mas
não poder dizer...

publicado por eu ando às voltas às 17:57
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Maio de 2011

Lambe-Botas

 

Ter medo nunca foi solução
Amedrontado
Qualquer dia até lavas o chão
Se ficas parado
Aparece o padre a dar sermão

E eu não estou pra isso!

Tremes por dentro
Fazes tudo o que ele quer
Não tens direitos
Só apenas deveres
Mas dás a graxa
É aquilo que te dá prazer

E eu não gosto disso!

Tens medo do chefe
Lambe botas!!

Dias cinzentos
São de-mais
Não vou falar
Eu não vou sentir

É sempre a história
Do agra-dar
Não vou falar
Mas não vou fingir

Quando o tempo passa
Mais te afundas na desgraça
Eu vou querer tudo pra.....mim
Pra mim

Eu sou assim
Não engulo nada que tenha a dizer
Diferente de ti
Sinto a diferença na mente
É puro prazer

Remoer pra quê?
Tens que te fazer ouvir
E não digas porquê

Revolta outra vez..
Porque eu sou assim!

 

publicado por eu ando às voltas às 22:43
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. O que é que eu faço aqui

. Lisboa

. O que é que eu faço aqui

. Ser amigo é...

. Vamos agitar e ficar "Des...

. Nasci Hoje

. Lambe-Botas

.arquivos

. Março 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sms...."Bom dia"

.links

Online Users

.Quantos já marcharam aqui

blogs SAPO

.subscrever feeds