Domingo, 23 de Janeiro de 2011

Dia de eleições

Hoje chegou o dia de votar. Eu já exerci o meu direito de voto, faço questão de sempre o exercer, ao contrário de muita gente que infelizmente já se esqueceu ou nunca soube de como era quando não havia possibilidade de escolher quem nos representava nos vários orgãos soberanos.

Mas quem temos nós para escolher?!?!

Em primeiro temos, o Sr. do Silencio,  o Prof. do Não Comento, o homem do Bolo Rei, aquele que pôs um país em sobressalto ao interromper a suas férias para fazer uma declaração muito importante ao país e que afinal era só sobre o estatuto dos Açores, que se recandidata porque em primeiro foi lá posto à 5 anos por um povo de pouca memória que se esqueceu de quando ele foi Ministro das Finanças numa crise fugiu do ministério pelas portas das traseiras, que em 1º Ministro conseguiu governar quando as tetas da vaca de Bruxelas davam muito leite, mas quando a fonte secou nada foi capaz. Que foi um dos actores principais quando em manifestações de policias ordenou que outros policias usassem jactos de água para os desmobilizar. O homem que foi alvo da grande manifestação na ponte.

Em segundo temos o Poeta, o homem que à 5 anos se candidatou como independente ao ser atraiçoado pelo seu partido, o mesmo que agora o apoia, contradição, e pelo seu amigo Bochechas que teve sede por voltar aonde foi muito feliz. Se nas ultimas eleições não ganhou por não ter sido apoiado pelo seu partido, desta vez vez não deverá ganhar por ser apoiado por ele, irónico.

Em terceiro o electricista que muita obra tem no seu partido, mas que tem contra o não ser conhecido do povo.

Em quarto o Sr. AMI, de obra nobre como o seu sobrenome, com qualidades humanas e profissionais até para desempenhar o cargo, mas dificilmente se chega sem ter uma maquina partidária a ajudá-lo.

Em quinto o independente do P.S., mais um para fazer numero em que no final não será expulso do partido, como aconteceu com o poeta por se ter candidatado como independente contra um candidato oficial, algo que não aconteceu com os que fizeram o mesmo em eleições autarquicas.

Por ultimo temos o candidato coelho, que na falta de Manuel João Vieira era preciso alguém que animasse a campanha.

É assim a politica portuguesa.

publicado por eu ando às voltas às 12:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 22 de Janeiro de 2011

O ridiculo dos pais ao colocar um nome.

O bébe mais esperado de Portugal, ou não, já nasceu e como prometido o nome é a fusão do nome dos pais, ou não. A duvida é como se escreve o nome, a Rádio Comercial tira as dúvidas, ou não.

publicado por eu ando às voltas às 22:05
link do post | comentar | favorito

O Mundo está a afundar-se

Segundo uma noticia do Sol o mundo está a afundar-se. Engraçado por Portugal já se sente isso há muito tempo.

publicado por eu ando às voltas às 17:59
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Publicidade

Há anuncios que mexem com os meus nervos. Desde os de produtos onde aparecem sempre mulheres felizes e contentes naquela altura do mês em muita coisa ou quase tudo as irrita, mas principalmente a medicamentos para travar imediatamente os intestinos dos infelizes que por azar estão trabalhar demais. Não é pela publicidade que me irritam, é mais pela hora que passam, não é que uma pessoa não pode fazer a sua refeição vendo os noticiários sem apanhar no intervalo um dos ditos anuncios que resolve a sua diarreia imediatamente.

tags:
publicado por eu ando às voltas às 17:23
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Ano Novo Vida Nova

Ora cá estamos nós num novo ano. Ano que todos desejam melhor mas dificilmente o será. O IVA aumentou para 23%, os salários diminuem na função publica e empresas do estado para quem ganha mais de €1500, para todos os outros levam um corte de 10% nos subsidios, tudo isto para pagar uma crise que alguém criou. Vi no outro dia na RTP a ensinar como se poupa, cortando no tabaco, nas refeições fora de casa, nos cafés. E quem não fuma, não faz refeições fora de casa, não bebe café, e só gasta nos bens essenciais e mesmo assim no sobra mês para o ordenado, poupa como e onde?

publicado por eu ando às voltas às 17:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Põe gelo que isso passa

. E por hoje é tudo

. Os pais fazem sexo

. Vamos fazer um exercício

. Esta época começa estranh...

. Piano Man

. Dizem que a terra tremeu

. Moça Esquiva

. Alexis Tsipras no 5 para ...

. Garantidamente não é para...

.arquivos

. Março 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sms...."Bom dia"

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds