Sábado, 29 de Outubro de 2011

Marcas de guerra

Gosto de pessoas francas, directas e lutadoras. Não tenho muita paciência para quem olha para trás e lamenta o que perdeu ou deixou de ganhar esperando por vezes que a terra, ao fazer o movimento de rotação, traga de volta o que ficou para trás no exacto mesmo ponto onde havia ficado. O tempo não volta atrás para pegar nas coisas apagando todo um espaço vazio ou em branco, em que não houve ligação, nem se pode pegar numa corda que foi cortada e atar as pontas soltas sem que se note que ali há um nó.

Tenho a sorte de me dar com quem me diz o que tem a dizer e se mostra ser capaz de lutar quando deve, nem me deixou desistir. A corda não cortou, não partiu nem foi preciso de dar nó, mas fica na memória de quem sempre lutou e se mostrou forte que também quebra, e aí viu que as pessoas que estavam ao seu lado, e algumas o consideravam um pilar, continuaram, mesmo este abanando um pouco.

Recuperado já há muito tempo do abanão, regressei ao pilar que sempre fui, sabendo que também tenho pilares onde me encostar se precisar. Regressei ao que mais adoro fazer viver a vida plenamente e lutar pelo futuro. Lutar pelo meu futuro, o dos meus descendentes, o futuro dos outros e dos filhos dos outros. Lutar pelo que acredito, por uma vida melhor, contra o que considero injusto, sabendo que nem sempre vencerei, mas não serei derrotado pela inercia sem fazer frente. Sei que batalhas perderei e guerras vencerei, sei que o inverso também irá acontecer, mas no fim sei que estarei de pé e posso olhar olhos nos olhos, de cabeça levantada, tentei, não desisti.

Posso não ganhar sempre que luto, mas perderei sempre que desistir.

tags: ,
publicado por eu ando às voltas às 17:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

José Manuel Osório

Morreu um dos maiores lutadores de Portugal. Lutando contra uma doença sem cura, tinha colocado a fasquia de viver até aos 50, partiu ontem com 64.

Ele já não pode agradecer, dar um abraço ou um aperto de mão, mas outros poderão.

publicado por eu ando às voltas às 09:22
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Marcas de guerra

. José Manuel Osório

.arquivos

. Março 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sms...."Bom dia"

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds